sábado, 31 de março de 2012

Finito


E o nosso desafio chegou ao fim, passou num instante.
Gostei muito deste mês com vocês.
Obrigada pela adesão e pela partilha.
E como o tema do dia de hoje é Saudade, acreditem que vou ter saudades deste mês que partilhámos.
Foi muito bom mesmo.
É bom saber que temos por aqui pessoas fantásticas.
Beijinhos e obrigada por andarem por aqui.
Vamos nos vendo por aí ; )



31. Saudade

Que saudades das minhas aulas de spinning, das coleguinhas, do professor e do ginásio.
Mas hoje vou matar um bocadinho dessas saudades, depois conto ; )

sexta-feira, 30 de março de 2012


A chuvinha veio mesmo com a força toda.
E para ficar.

30. Sedução


Para mim a sedução é muito simples, para me conquistarem basta sorrisos, sinceridade, amizade e fazerem-me sentir especial.

Filmezito

(Outra Vida)


Gostei, apesar do fim não ter sido aquela coisa, mas analisando melhor, também não podia ter outro fim.
É sobre a vida depois da morte, será que há, que não há.
É um tema polémico e que nunca vai haver grandes respostas sobre isso.
Eu gosto destes temas, de especular sobre isto, acredito que a nossa vida não será só isto, há mais qualquer coisa, não sei, digo eu, gosto de acreditar que sim.
É um filme interessante.

quinta-feira, 29 de março de 2012

Desejo



Apetece-me tanto, que vontade que me está a dar de uma fatiazinha destas.
Queres ver que tenho que ir à procura disto ; )
E não, isto não são desejos de grávida, é mesmo gulodice.

A minha cidade




O documentário completo;

http://vimeo.com/20281936

29. Look

Não tenho nenhum estilo, visto o que gosto.
Por vezes mais clássica, outras mais descontraída.
Não sigo modas, nem tendências, nem estilos.
Apenas compro o que gosto e visto aquilo com que me sinto bem.
Adoro vestidos.
Ficam aqui algumas pecitas que gosto muito.


 Pull & Bear
Blanco


 Pull & Bear 


Blanco

quarta-feira, 28 de março de 2012

Gosto tantoooooooooo


Já vos tinha dito que adoro esta música.
Esta versão está demais.

28. Pessoa


A minha sobrinha mais linda do mundo.
Já é uma matulona, mas vai ser sempre o meu bebé, que desejei muito, que acompanhei sempre em todas as fases da sua vida.
É uma grande amiga e uma grande menina, da qual tenho muito orgulho.
E como digo sempre, espero que a minha pimpolha seja muito, mas mesmo muito parecida contigo, pois é sinal, de que não me irá dar muitos problemas.
Amo-te minha pequena.
E já sabes como é,  já tenho saudades tuas  ; )  **

terça-feira, 27 de março de 2012

27. Sonho

O meu sonho é mesmo ser feliz e ter saúde para mim e para os meus.
Claro que não me importava nadinha de ganhar o Euromilhões, e viajar muito, muito, muito.
Mas como é quase impossível de acontecer, contento-me com a nossa felicidade e saúdinha da boa, e já não é nada mau.


BOM DIAAAAAAAAAAAA

segunda-feira, 26 de março de 2012

Aqui o estaminé, hoje parece um blog culinário


26. Comida

Não sou esquisita, gosto de quase tudo.

 Arroz de marisco ( aproveitando a foto do desafio)



 Adoro o cozido feito pela minha mãe, tão bom.





O belo do franguinho assado, gosto tanto, e se for do "Isidro"
( restaurante cá da zona), ainda melhor.

9 semanas 9 surpresas (4)



Este final de semana decidi fazer uma surpresa aos meus.
Fiz um jantarinho para a minha mãe, sobrinha, sobrinho e mano.
E lá fizemos uma ementa para todos os gostos.










E todos ficaram bem cheinhos, como se quer ; )

sábado, 24 de março de 2012

24. Data


03.Novembro.2009


 
No dia que a minha vida mudou para sempre e nunca mais voltou a ser a mesma.
Desde este dia que sou muito mais feliz.

sexta-feira, 23 de março de 2012


Aproveitem bem.
Divirtam-se, namorem muito, bons passeios, boa comida, muitos miminhos, beijos, abracinhos, muitos sorrisos, muita alegria.
Sejam felizes.

Infância


Gosto muito desta música.
Lembro-me perfeitamente de ser bem pequenita e a minha mãe estar sempre a cantarolar esta música, eu adorava.
E ela dizia que era a tinta verde dos nossos olhos, pois temos quase todos os olhos verdes, só o meu mano J. é que não tem.
O que eu gostava de ouvi-lá cantar.
E claro que continuo a gostar muito da música.
E cantada pela Mafalda Arnauth, ela canta mesmo bem.

23. Solidão

Gosto muito de estar sozinha, de pensar na minha vida e reflectir.
Às vezes preciso mesmo de estar sozinha, de silêncio para mim.
Ultimamente esses momentos têm sido até demais.
Sempre fui uma pessoa um pouco solitária, sempre resolvi os meus problemas, nunca fui de falar com alguém, de desabafos, também porque nunca tive ninguém em que me sentisse bem ao fazê-lo, prefiro guardar para mim e resolver tudo assim.


quarta-feira, 21 de março de 2012

Desempregada sofre

Concorri a uma oferta do centro de emprego, para ajudante familiar.Responderam-me com uma convocatória para ir à instituição no prazo de 3 dias para falar com a responsável da instituição.
E lá fui eu.

Anita: Bom dia.
           O centro de emprego enviou-me esta convocatória para vir aqui ter consigo para marcar 
           entrevista para a vaga de ajudante familiar.

Sra: Bom dia.
        Sim, podemos fazer já a entrevista, pode ser?

Anita: Sim, claro.

Sra.: Trouxe a documentação?

Anita: Sim, o c.v, o certificado de habilitações.

Sra.: E o certificado de formação?

Anita: Qual formação?

Sra.: De ajudante familiar. ( tipo DAAAAHHHH)

Anita: Eu não tenho nenhuma formação nessa área.

Sra.: Então o centro de emprego manda-a assim, eu quero uma pessoa certificada e não pessoas sem
         formação, é sempre a mesma coisa, mandam-me gente que não interessa, já estou farta do centro 
         de emprego. ( aos berros)

Anita: Olhe desculpe, eu respondi à uma oferta, e não pedia formação nenhuma, e o centro de
           emprego é que me disse para vir ter consigo, eu não tenho culpa.

Sra.: Eu é que não tenho culpa, pode-se ir embora.  (virou costas e deixou-me ali sózinha e sempre a
         barafustar).

Depos de sair dali, ainda incrédula, lá fui ao centro de emprego explicar a situação caricata, a técnica lá me ouviu, nem me disse nada, e mandou-me embora.
E é assim que o centro de emprego funciona, seleccionam candidatos que não têm nada a ver com a oferta e nem dão uma explicação plausível, e pronto lá fui eu gastar  gasolina para o boneco, porque o centro de emprego funciona cada vez pior.
Então os técnicos fazem o quê? Escolhem candidatos ao calha, acho que não é preciso ser nenhum especialista em RH para cometer falhas destas, assim também eu dava para trabalhar lá e de certeza que não faria coisas destas, é que já chateia, pois já não é a primeira vez que me acontecem situações constrangedoras por causa da incompetência do centro de emprego.
Enfim...

21. Maquilhagem



Não sou de andar pintada, só em ocasiões mais especiais.
Mas não dispenso o corrector de olheiras, pois bem preciso, cada vez estão piores e depois a pimpolha não me dá descanso para que isto volte ao normal, então tenho mesmo que disfarçar esta desgraça.
E batons, e agora que descobri estes da Essence, tão macios, suaves, e muito hidaratantes, gosto muito.

terça-feira, 20 de março de 2012

Gosto tantooooooooo

Coitadinha da criança

"Lyani Viktoria é o nome da segunda filha de Luciana Abreu e Yannick Djaló que nasceu esta madrugada, pelas quatro da manhã. "  DN

Mas acho que a o nome da primeira filha é bem pior, o Lyani já me soa melhorzinho.
Coitadinhas das crianças, vão ser pouco gozadas, vão.

Miminhos para o Pai



20. Objecto



Cada vez mais os óculos andam sempre comigo, pois desde que a pimpolha nasceu ainda fiquei mais pitosguinha, por isso, andam sempre na mala, não precise eu de ler alguma coisa que não consiga.

segunda-feira, 19 de março de 2012

9 semanas 9 surpresas (3)




E mais um miminho.
Comprei este quadrinho no DeBorla, achei-o tão giro, e tão baratinho, 1.49€.
Pensei logo em fazer uma surpresinha para o meu homem, a pimpolha ao ver o quadrinho quis logo também pôr mãos à obra, também ajudou e deixou a sua marca.
O meu homem gostou muito do quadrinho e do miminho.
É claro que a pimpolha agora não saí da cozinha e de cima da cadeira.

Para todos os Pais ( dos bons)

19. Série

Era uma vez

Todas as sextas lá estou eu a tentar ver, se não consigo, está gravadinho, para ver depois da pimpolha adormecer.
E depois é aguardar pelos próximos episódios para seguir a história, que para mim, é muito original.
Estou viciada.

domingo, 18 de março de 2012

18. Feriado


O Natal já foi para mim uma data triste, pois já passei alguns natais tristes e não gostava, era uma época que me trazia tristeza e lembranças menos boas.
Com o nascimento dos meus sobrinhos o Natal começou a ganhar outra cor e comecei aos poucos a gostar novamente dessa data, pois a verdade é que o Natal é das crianças e tudo ganha outro brilho.
Mas eles também foram crescendo e depois deixaram de acreditar em pais natais e deixei de dar tanta importância à data.
Mas com o nascimento da pimpolha, esse brilho voltou, e agora sim, posso dizer que gosto do Natal, por ver o brilho nos olhinhos dela, a sua alegria, de quem está a descobrir o Natal, o Pai Natal, e tudo o que está relacionado com a data.
E sei que nessa noite posso contar sempre com ela, com o meu homem, minha mãe e a minha sobrinha, é com eles que tenho passado estes últimos, e depois os manos, também são convidados e quando podem aparecem sempre.
Neste Natal tive a casa cheia, e foi muito bom.
É uma data da família, para a família.

sábado, 17 de março de 2012

17. Frase/Poema

Há uns tempos já postei aqui no estaminé este texto.
Foi escrito há centenas de anos e continua tão actual.
Adoro.

"Depois de algum tempo aprendes a diferença, a subtil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma.
E aprendes que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança. E começas a aprender que beijos não são contratos e presentes não são promessas. Acabas por aceitar as derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança. E aprendes a construir todas as tuas estradas de hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.
Depois de algum tempo aprendes que o sol queima se te expuseres a ele por muito tempo. Aprendes que não importa o quanto tu te importas, simplesmente porque algumas pessoas não se importam... E aceitas que apesar da bondade que reside numa pessoa, ela poderá ferir-te de vez em quando e precisas perdoá-la por isso.
Aprendes que falar pode aliviar dores emocionais. Descobres que se leva anos para se construir a confiança e apenas segundos para destruí-la, e que poderás fazer coisas das quais te arrependerás para o resto da vida.
Aprendes que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias. E o que importa não é o que tens na vida, mas quem tens na vida. E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher.
Aprendes que não temos que mudar de amigos se compreendemos que os amigos mudam, percebes que o teu melhor amigo e tu podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos. Descobres que as pessoas com quem tu mais te importas são tiradas da tua vida muito depressa, por isso devemos sempre despedir-nos das pessoas que amamos com palavras amorosas, pode ser a última vez que as vejamos.
Aprendes que as circunstâncias e os ambientes têm influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos. Começas a aprender que não te deves comparar com os outros, mas com o melhor que podes ser. Descobres que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que se quer ser, e que o tempo é curto.
Aprendes que, ou controlas os teus actos ou eles te controlarão e que ser flexível nem sempre significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, existem sempre os dois lados.
Aprendes que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer enfrentando as consequências.
Aprendes que paciência requer muita prática. Descobres que algumas vezes a pessoa que esperas que te empurre, quando cais, é uma das poucas que te ajuda a levantar.
Aprendes que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que tiveste e o que aprendeste com elas do que com quantos aniversários já comemoraste.
Aprendes que há mais dos teus pais em ti do que supunhas.
Aprendes que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são disparates, poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.
Aprendes que quando estás com raiva tens o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel. Descobres que só porque alguém não te ama da forma que desejas, não significa que esse alguém não te ama com tudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.
Aprendes que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes tens que aprender a perdoar-te a ti mesmo.
Aprendes que com a mesma severidade com que julgas, poderás ser em algum momento condenado. Aprendes que não importa em quantos pedaços o teu coração foi partido, o mundo não pára para que tu o consertes.
Aprendes que o tempo não é algo que possa voltar para trás. Portanto, planta o teu jardim e decora a tua alma, ao invés de esperares que alguém te traga flores.
E aprendes que realmente podes suportar mais ... que és realmente forte, e que podes ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que tu tens valor diante da vida! As nossas dádivas são traidoras e fazem-nos perder o bem que poderíamos conquistar, se não fosse o medo de tentar."

William Shakespeare